terça-feira, 19 de novembro de 2013

Cansada de Nada

As vezes eu acho que estou ficando louca. Eu sei que todo mundo na vida já falou isso, já pensou isso e alguns até se arriscaram a colocar em prática. Mas sinceramente, uma frase tão clichê parece que define toda uma situação, que aliás nem existe. Uma situação que não existe... Tá vendo?
Não sei exatamente, mas acho que estou pronta pra dar mais um passo, mas não sei aonde. Ando de ônibus todos os dias, e olho pela janela dezenas de pessoas com seus afazeres, suas sacolas de compras, celulares no ouvido, ou alguns como eu, com o pensamento longe.
Tem dias que não quero fazer nada, absolutamente nada. Quero só fazer algo que mude minha rotina, algo que me dê emoção, agitação. E aí eu penso, será que eu sou ainda imatura e despreparada e ainda não percebi que HOJE, o agora que vivo, simplesmente não tem mais espaços pra grandes emoções?
As vezes o plano inicial era algo, mas queria mudar radicalmente. Em vez de um dia fazer o que sempre faço, simplesmente ir pra outro lugar só pra sair da mesma rotina. As vezes eu não aguento, não aguento nem as pessoas a minha volta falando e falando. Eu não rio mais como antes, eu fico sempre a espera. Esperando que alguém me cause uma surpresa, que alguém fale algo diferente. É sempre as mesmas palavras, os mesmos gestos, as mesmas atitudes. 
Queria poder simplesmente acelerar minha vida, como tomar uma poção num frasco velho, mas que seja realmente eficaz. Queria abrir meus olhos amanhã, na minha casa de madeira, cercada da luz do sol batendo em meu rosto. E quando levantasse, me sentasse na mesa e tomaria um café da manhã junto com alguém que amo. Mas nem tudo é fácil assim.
As vezes eu me lembro da uma amiga em que eu debochava demais, dizia que ela era extremamente sonhadora e que ainda acreditava em contos ou finais felizes. Ou numa vida completamente simples. E eu ria dela. E olha o que eu estou fazendo? cheguei numa fase da minha vida em que eu estou fazendo a mesma coisa. Não consigo lidar com as novidades em minha vida, não consigo parar e valorizar o que conquistei. Vejo problemas em tudo, vejo desconfiança em tudo. Sei que muitas vezes minha razão está com a razão, mas na maioria das vezes não está. Eu não tenho paciência, não tenho nada. Aliás eu tenho. Mas vou acabar com o nada. 
Mas isso tudo é cansaço de vida... E olha que nem cheguei aos 40, praticamente uma criança, é o que sou. Mas como sempre digo... Todo mundo carrega uma tristeza na vida, que não sabe da onde veio.
Tenho é que lidar com isso.

2 comentários:

  1. Cada vez me convenço mais de que rotina dá câncer, haha Essa pressão de ter que fazer sempre a mesma coisa me deixa louca, também. Há quem diga que a vida é só um ciclo, mas de que me adianta repetir tudo que outros fizeram, e continuarão fazendo? Sou sonhadora assumida! Adorei teus textos :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gabriela! E realmente... A rotina também me deixa louca!

      Excluir